top of page

Serestas de 0 a 100

Em abril de 2022, deu-se início ao projeto Serestas de 0 a 100, nos distritos de Acuruí, em Itabirito, e Galego, no município de Santa Bárbara. O projeto reconhece a seresta como uma das mais fortes tradições do interior brasileiro e propõe que a prática seja ressignificada, de modo que a musicalização promova oportunidade de convivência, integração social, bem-estar e, principalmente, o resgate cultural.


Para que esta genuína manifestação cultural brasileira não se perca, o projeto implantou nas comunidades a prática seresteira, a partir da estruturação de grupos de serestas, abrangendo diferentes gerações, ou seja, acolhendo crianças, jovens, adultos e idosos dispostos a cantar.


Nos encontros, os participantes estão trabalhando exercícios de aquecimento e técnica vocal, pesquisa de repertório e estudo dos textos, melodia e interpretação das peças selecionadas, bem como a utilização de instrumentos musicais típicos como violão e pandeiro.





Σχόλια


bottom of page